O varejo no século XXI

21 de Maio de 2010

Categoria: Shopper Marketing

Visões não tradicionais sobre marketing de varejo e shopper marketing.

Estamos finalizando a primeira década deste século. Naturalmente muito do século passado ainda vive, principalmente no varejo brasileiro. Agora está na hora de mudar o foco desse negócio.

Escuto de supermercadistas que o básico precisa ser feito antes de se ir além em experiência de compra e shopper marketing. Para mim, o básico é ouvir o cliente, conhecer o cliente, atender e antecipar as necessidades do cliente. A crise pode chegar a qualquer momento e então será tarde para começar a fazer shopper marketing de verdade.

Shopper marketing é dar ao cliente o que ele precisa, sem armadilhas, obstáculos ou artimanhas para persuadi-los a fazer o que não querem. Shopper marketing é influenciar o cliente a buscar o que procura na sua loja, sem perder tempo, mas fazer isso várias vezes, repetidamente, capturando assim seu bolso e alguma fidelidade.

É hora de a indústria e o varejo mudarem e colaborarem com foco no shopper e não apenas em seus produtos ou lojas, oferecendo soluções reais às suas necessidades de tempo, economia de dinheiro e atendendo às suas expectativas.

Desde a definição de sortimento, sinalização de categoria, design, layout das seções e navegação na loja até o “planograma”, materiais informativos e promocionais, todos são elementos de shopper marketing e devem ser planejados para alavancar as vendas, devem ser testados e corrigidos para atender as necessidades do shopper.

Pode ser impactante no começo, mas no médio e longo prazos, nesse mundo multicanal em que vivemos, onde os produtos podem ser encontrados em praticamente todos os lugares, sobreviverão apenas os que atenderem aos shoppers com a simplicidade e a inteligência do século XXI.

Publicado originalmente no Mundo do Marketing (www.mundodomarketing.com.br) em 21 de Maio de 2010.